Monthmaio 2017

Mídia própria para divulgação de imóveis

As postagens em um blog imobiliário são um dos exemplos mais comuns de mídia própria. Para entender melhor, uma empresa cria postagens para seu blog, controla a plataforma na qual esses posts são publicados e constrói o público que vai ler as postagens.

A empresa possui ou controla tudo, de uma extremidade da tática para a outra.

Outros exemplos de mídia de própria no contexto de comércio eletrônico e varejo podem incluir anúncios de banner no local, um pequeno folheto inserido em uma caixa de remessa ou, até certo ponto, sua lista de marketing por e-mail.

catuai casas a venda londrina

A mídia própria pode ser medida no tráfego do site, assinaturas de boletins ou conversões de vendas, como exemplos.

Nada melhor para divulgação de uma imobiliária e de seus imóveis, do que a mídia própria. Onde a imobiliária vai criar seus próprios posts, colocando seus imóveis, as informações de cada um, criando assim uma identidade única para cada post, para o cliente quando olhar o post lembrar á quem pertence ele e também, dessa forma a imobiliária consegue direcionar ao seu público e consegue medir seus resultados.

Como usar páginas de destino para converter visitantes em vendas

http://www.imobiliariaparaiso.com.br/

A maioria das pessoas assumem, “Se eu vou fazer uma publicidade ou vou enviar um e-mail, por que não posso enviá-los diretamente para minha home page?  Se você envia um e-mail com um certo conteúdo para os seus clientes, você acaba não tendo muito retorno, pois muitos deles já conhecem sobre aquele assunto ou não estão interessados em ler, já na home Page você consegue direcionar cada conteúdo para um público alvo, despertando mais interesse.

Por que as páginas de destino são importantes?

O que as páginas de destino permitem que você faça é falar com públicos-alvo específicos. Assim, você pode criar uma página de destino para um bairro específico ou um tipo específico de comprador – seja um comprador de imóvel iniciante, um comprador que está atrás de uma casa de férias ou um comprador mais experiente. Se um deles está procurando uma segunda casa, por exemplo, ele realmente não precisa saber como obter uma hipoteca, porque ele já fez isso inúmeras vezes – mas isso seria o conteúdo que você iria engrenar para um comprador iniciante. Então, é preciso usar uma linguagem diferente em cada página de destino, para oferecer conteúdos relevantes para cada cliente, dessa forma ele vai se interessar mais em comprar na sua imobiliária.